A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

UE discute solução política para Síria

UE discute solução política para Síria
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A situação na Síria é o principal tema do encontro dos ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia, reunidos esta segunda-feira em Bruxelas.

Lakhdar Brahimi, enviado especial da ONU e da Liga Árabe, vai estar neste encontro. Em cima da mesa das discussões estão as possíveis alterações ao regime de sanções para beneficiar a oposição e a população civil.

A líder da diplomacia europeia, à entrada para o encontro, explicou que “é necessário parar com as mortes e a violência na Síria e encontrar um caminho para que a oposição encontre uma solução política. O líder da oposição tem falado na necessidade de encontrar uma transição para uma Síria diferente.” Aston garantiu ainda que “Assad não pode ficar.”

O ministro dos Negócios Estrangeiros belga, à entrada para a reunião disse ainda que “vão continuar a tentar ajudar a oposição como for possível” Além disso, Didier Reynders espera que “Lkahdar Brahimi comece promover o diálogo entre uma parte da oposição e alguns membros do regime, mas sem o presidente Assad”.

Recorde-se na último encontro da diplomacia dos 27 foi difícil chegar a acordo quanto ao tipo de ajuda a dar à oposição síria: o Reino Unido pedia o levantamento parcial do embargo de armas ao país, mas que foi rejeitado pela maioria dos países.

Para além da situação na Síria, os ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia devem também debater nesta reunião mensal a questão das sanções contra o Irão.