Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Vaticano: Rabino de Roma aceita convite de Papa Francisco

Vaticano: Rabino de Roma aceita convite de Papa Francisco
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A boa relação entre judeus e católicos está entre as prioridades do Papa Francisco. Por isso mesmo o recém-eleito Sumo Pontífice incluiu os judeus no seu discurso de quinta-feira e fez chegar ao rabino de Roma, Ricardo di Segni, o convite para estar presente, terça-feira, na sua primeira missa no Vaticano.

No bairro judaico, da capital romana, essa mensagem de proximidade foi bem recebida. “Todos têm a sua própria fé, religião ou crença. Mas podem falar entre si. Claro que, para isso, é preciso ter-se um mínimo de humildade”, reconheceu Bárbara, italiana que a euronews interpelou no distrito do Portico d’Ottavia.

O rabino da comunidade judaica de Roma, por sua vez, respondeu através de uma carta ao Papa Francisco, confirmando a presença na missa inaugural do Pontificado. Ricardo di Segni antevê que as questões políticas do Médio Oriente, nomeadamente o conflito israelo-palestiniano, possam surgir em conversa entre ambos.

“O Vaticano está presente nessa região como parte envolvida no conflito e não como entidade neutra. Mas se essa parte interessada se mostra aberta para uma conversa razoável e pacífica então isso será bem-vindo”, expressou à euronews Ricardo di Segni.

Desde os tempos de João Paulo II, que as duas congregações se têm aproximado. Bento XVi deu continuidade a esse estreitar de laços e, agora, também o novo Papa Francisco pretende dar continuidade ao reforço desses laços inter-religiosos.