A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Governo eleito termina mandato pela primeira vez no Paquistão

Governo eleito termina mandato pela primeira vez no Paquistão
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os paquistaneses viram pela televisão o primeiro-ministro anunciar a conclusão do mandato do governo, um momento histórico no Paquistão já que pela primeira vez um executivo eleito conclui uma legislatura no país. Raja Pervez Ashraf fica no cargo até à nomeação de um chefe de governo interino que assuma o executivo até à realização de eleições no espaço de 90 dias.

Raja Ashraf anunciou ter aumentado os salários na função pública, realizado reformas económicas e lançados projetos de desenvolvimento. Mas entre o povo há quem torça o nariz como um vendedor de vegetais em Islamabad. “Que deus o proíba, o que é está para aí a dizer? Tentámos durante cinco anos… isso não chega? Quem quer que vote neles novamente ou é um tolo ou fá-lo-á por razões egoístas. Os que se preocupam com o país nunca mais votam neles”.

Em Karachi um funcionário de televisão por cabo diz que os últimos 5 anos só deram inflação, preocupações e desemprego. Eles criaram todo o tipo de problemas para as massas, destruíram todas as organizações, destruíram tudo”.

Apesar dos problemas, o país conhecido pelo ter alguns distúrbios político-sociais abre um novo capítulo da história da sua democracia. Os olhares centram-se agora nas legislativas que deverão contar com a candidatura do general Pervez Musharraf , presidente entre 1999 e 2008.