Última hora
This content is not available in your region

Em abril, Islândia senta bancários no banco dos réus

Em abril, Islândia senta bancários no banco dos réus
Tamanho do texto Aa Aa

A Islândia tenciona sentar no banco dos réus, os dirigentes daquele que já foi o maior banco do país. O anúncio oficial foi feito, esta terça-feira, pelo procurador especial.

Em abril, Heider Mar Sigurdsson, ex-número um do Kaupthing, e mais oito quadros do banco vão ser formalmente acusados de fraude e manipulação das ações. Manobras financeiras que provocaram uma escalada artificial das ações do banco, antes de levaram a instituição à falência, no início da crise, em 2008.

Segundo os media locais, os antigos dirigentes do segundo maior banco do país, o Landsbank, serão igualmente acusados do mesmo tipo de manipulações.

Na altura, o governo islandês decidiu desmantelar os bancos em causa, em vez de tentar um resgate que ultrapassava as capacidades financeiras do país.