A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Comediante egípcio perseguido pelas autoridades

Comediante egípcio perseguido pelas autoridades
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

No Egito, um dos comediantes mais famosos do país está a contas com a justiça, por causa das críticas ao poder de Mohamed Morsi e da Irmandade Muçulmana.

Bassem Youssef apresentava “al-Bernameg”, que significa literalmente “o programa”, um programa que muitos comparam ao “Daily Show” de Jon Stewart.

As piadas com o inglês do presidente Morsi eram apenas uma parte do programa que irritou demasiado as autoridades. Tanto que tem agora um mandado de captura.

O próprio Bassem Youssef confirmou que iria este domingo ao gabinete do procurador-geral para ser ouvido e ficaria provavelmente preso.

A notícia está a chocar os fãs do comediante em todo o Egito.

Bassem Youssef é acusado de insultos ao presidente. Esta perseguição é vista como mais um atentado à liberdade de imprensa no país, mesmo se alguns dos fãs dizem que, nos últimos programas, foi longe de mais nas críticas.