Última hora
This content is not available in your region

Presidente italiano pondera demissão para forçar entendimento político

Presidente italiano pondera demissão para forçar entendimento político
Tamanho do texto Aa Aa

O chefe de Estado de Itália não exclui a hipótese de apresentar a demissão para permitir a realização de novas eleições legislativas e acabar com o impasse político no país.

A hipótese faz, hoje, manchete na imprensa nacional, depois de concluída mais uma ronda de negociações entre Giorgio Napolitano e as principais forças parlamentares para chegar a um consenso.

O mandato do Presidente italiano termina em maio e, está por isso, impedido pela Constituição de dissolver o Parlamento.

A demissão obrigaria os diferentes partidos a aproximar posições para acordar no nome do sucessor. Um cenário que Napolitano admite excluir com uma condição: o acordo dos partidos para apoiar um primeiro-ministro, ao que tudo indica, um tecnocrata escolhido pelo próprio chefe de Estado.