Última hora
This content is not available in your region

China intensifica operações de resgate em Sichuan

China intensifica operações de resgate em Sichuan
Tamanho do texto Aa Aa

Em cerca de trinta segundos, o violento sismo na província chinesa de Sichuan arrasou milhares de casas, fazendo mais de 160 mortos e quase 7 mil feridos. O tremor de terra aconteceu perto das 8 da manhã. Durante todo o dia de sábado intensificaram-se as operações de busca de sobreviventes. Há registo de 91 pessoas resgatadas dos escombros.

As centenas de réplicas que se foram sucedendo provocaram momentos de pânico. O sismo teve uma magnitude de 6,6, a uma profundidade de 12 quilómetros. O epicentro localizou-se junto à cidade de Ya’an, numa das regiões mais povoadas da China, onde vivem 80 milhões de habitantes. Em 2008, um outro abalo atingiu Sichuan, provocando quase 70 mil mortos e 18 mil desaparecidos.

As autoridades mobilizaram mais de 17 mil militares e polícias para esta província. Um veículo que transportava soldados foi arrastado por uma derrocada, registando-se um morto e 7 feridos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.