A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Reino Unido: Manifestação em defesa das abelhas

Reino Unido: Manifestação em defesa das abelhas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Na capital britânica algumas centenas de manifestantes protestaram contra a oposição do Reino Unido à proibição de inseticidas que podem matar abelhas.

À frente da manifestação estavam as estilistas Vivianne Westwood e Katherine Hamnett, que entregaram na residência oficial do primeiro-ministro um abaixo-assinado.

Na segunda-feira a proibição do uso de inseticidas que podem ser estar a reduzir a população de abelhas vai ser novamente votada na União Europeia, após uma tentativa falhada em março.

“Nos últimos 100 anos desapareceram várias espécies de abelhas. As áreas que ocupam são cada vez mais pequenas. Isto pode vir a ser um problema grave. Na China já existem zonas onde a polinização das árvores fruteiras tem de ser feita à mão, porque exterminaram os insetos com o uso excessivo de químicos. Temos de atuar já, antes de chegarmos a esse ponto”, disse um dos manifestantes.

Há pouco cantámos “Give Bees a Chance”. É isso que pretendemos. Dar uma hipótese às abelhas e banir esses inseticidas”, afirmou uma outra.

Contudo, os agricultores britânicos opõem-se à proibição dos inseticidas por temerem enormes prejuízos anuais nas culturas.