Última hora

Tragédia de Dhaka vai ter indemnizações

Tragédia de Dhaka vai ter indemnizações
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Após a tragédia a empresa de têxtil britânica Primark comprometeu-se a “pagar uma compensação” pelas vítimas da fábrica do seu fornecedor em Dhaka, no Bangladesh.

Marcas ocidentais como Mango e Benetton têm como fornedores esta fábrica onde os trabalhadores recebem 40 dolares mensais por 11 horas de trabalhado.

A derrocada do edifício de oito andares em Rana Plaza causou mais de 380 mortos, números ainda não defenitivos. A empresa Primark compromete-se a dar assistência a longo prazo às crianças que perderam os pais, apoio financeiro para os feridos e pagamentos às famílias dos falecidos.

O desastre de Rana Plaza nos arredores de Dhaka, causou também milhares de feridos graves, a maioria mulheres.

O governo promete justiça para as vítimas e prisão para os responsáveis. Sete pessoas foram presas incluindo o proprietário do edifício, Sohel Rana, preso na fronteira enquanto tentava fugir para a Índia. Milhares de trabalhadores textêis da região manifestaram-se exigindo a pena de morte para os proprietários do edifício.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.