Última hora
This content is not available in your region

Fábricas têxteis do Bangladesh retomam atividade enquanto UE equaciona ações

Fábricas têxteis do Bangladesh retomam atividade enquanto UE equaciona ações
Tamanho do texto Aa Aa

A indústria têxtil do Bangladesh retomou a atividade, depois de uma semana parada na sequência do colapso de um edifício que albergava fábricas de vestuário nos arredores da capital.

O último balanço oficial é de 430 mortos, mas continuam a ser retirados corpos dos escombros e há ainda um número indeterminado de desaparecidos.

O presidente da Câmara de Savar, subúrbio de Daca onde ocorreu a tragédia, foi destituído e acusado de “negligência” e “inação” por não ordenar o encerramento do local, apesar de um dia antes do colapso terem aparecido fendas no edifício.

A União Europeia está a considerar possíveis ações comerciais contra o Bangladesh, que beneficia de acesso preferencial ao mercado têxtil comunitário, para pressionar o país a melhorar as normas de segurança e condições de trabalho no setor.