Última hora
This content is not available in your region

Turquia preocupada com utilização de armas químicas na guerra na Síria

Turquia preocupada com utilização de armas químicas na guerra na Síria
Tamanho do texto Aa Aa

Cresce a inquietação do lado turco da fronteira quanto à utilização de armas químicas na guerra na Síria. As autoridades de Ancara começaram a recolher amostras sanguíneas de vítimas do conflito para determinarem se houve recurso a armas químicas.

Terça-feira, Barack Obama advertiu que o uso de armas químicas contra a população síria pode levar os Estados Unidos a intervirem militarmente.

Junto à fronteira, os responsáveis turcos locais referem que “cada vez que passa uma ambulância, a população fica preocupada e quer saber como é que o paciente foi ferido ou morto e se foi vítima de armas químicas”, uma pergunta constantemente repetida nos últimos dias.

Nas últimas semanas, o regime de Bashar al-Assad e os rebeldes sírios têm trocado acusações sobre a utilização de armas químicas no conflito. Os Estados Unidos têm a certeza que já foram utilizadas armas químicas mas ainda estão a determinar onde, quando e quem recorreu a elas.