Última hora
This content is not available in your region

Portugal será um dos piores exemplos da espiral recessiva na UE

Portugal será um dos piores exemplos da espiral recessiva na UE
Tamanho do texto Aa Aa

Depois de Chipre e Grécia, Portugal deverá ser o terceiro país da UE com pior desempenho económico em 2013, recuando 2,3%. A Comissão Europeia reviu em baixa as previsões económicas para o bloco dos 27.

Contudo, o comissário europeu para os Assuntos Económicos acredita que “a retoma económica deverá acontecer no segundo semestre deste ano. Mas se forem tomadas medidas políticas decisivas, tanto nos estados-membros como ao nível europeu, deveremos ter uma recuperação ainda mais sólida e sustentável no início do próximo ano.”

Mas não são só os países sob resgate que estão em contração. Algumas das maiores economias europeias como as da França, Itália, Espanha e Holanda vão estar em recessão.

Os 17 países da zona euro continuarão a ter uma dinâmica económica mais modesta (contração de 0,4% em 2013 e crescimento de 1,2% em 2014) do que a UE como um todo (contração de 0,1% em 2013 e crescimento de 1,4% em 2014).

O mesmo é válido para o desemprego, que atingirá 12% na zona euro, 1% acima do valor para o conjunto da UE. No caso de Portugal, a taxa prevista é de 18,2% em 2013, subindo para os 18,5% no próximo ano.