A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Fábricas têxteis reabrem no Bangladesh

Fábricas têxteis reabrem no Bangladesh
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os operários têxteis estão de regresso ao trabalho no Bangladesh.

A reabertura de cerca de três centenas de fábricas nos arredores de Daca ocorre depois de violentos protestos no país. Milhares de pessoas saíram à rua para exigir melhores salários e condições de segurança e, ainda, a execução do dono do edifício que desmoronou em abril.

“Trabalho nesta fábrica há muitos anos e nunca tive problemas, mas houve problemas noutros locais após a derrocada do Rana Plaza. Depois disso, a nossa fábrica fechou portas. Queremos que a indústria têxtil funcione porque dependemos dela para viver, queremos continuar a trabalhar” afirma uma mulher.

A derrocada do Rana Plaza provocou mais 1100 mortos. O edifício albergava várias fábricas de roupa que forneciam conhecidas marcas de vestuário ocidentais. Marcas essas que assinaram, entretanto, um acordo com as estruturas sindicais do país com o objetivo de melhorar a segurança laboral nas unidades fabris a operar no Bangladesh.