Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Terrorista "Monoteísmo e Jihad na África Ocidental" reivindicam atentados no Níger

Terrorista "Monoteísmo e Jihad na África Ocidental" reivindicam atentados no Níger
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O grupo terrorista Monoteísmo e Jihad na África Ocidental reivindicou o duplo atentado suicida que fez, pelo menos, 20 mortos e 30 feridos, no Níger.

O duplo atentado foi perpetrado com carros armadilhados, as minas de urânio da Areva, em Arliz, e contra um campo militar, em Agadez.

Em comunicado, a Areva dá conta da morte de uma pessoa e indica que 14 feridos foram transportados para o hospital, mas não revela a nacionalidade das vítimas.

Esta é a primeira vez que este tipo de atentados é perpetrado, no Níger, país pobre que desde o início do ano combate, no vizinho Mali, ao lado das forças francesas e africanas, contra os movimentos jihadistas.