Última hora
This content is not available in your region

Moderado Hassan Rohani lidera contagem no Irão

Moderado Hassan Rohani lidera contagem no Irão
Tamanho do texto Aa Aa

No Irão, o candidato moderado Hassan Rohani vai à frente do escrutínio, quando está contado cerca de um quinto dos votos, nas presidenciais.

Rohani é visto como um bom interlocutor para o Ocidente, no que toca ao problema nuclear e prometeu melhorar as negociações, de forma a aligeirar ou mesmo acabar com as sanções ao país.

Estes primeiros votos dizem respeito às grandes cidades. A tendência pode vir a inverter-se, à medida que forem sendo conhecidos os resultados das zonas rurais.

Uma vitória de Rohani, a confirmar-se, pode ser o resultado da divisão no campo dos conservadores, que apresentam cinco candidatos.

Mohammad Bagher Ghalibaf, o atual presidente da câmara de Teerão, está por enquanto no segundo lugar, enquanto o ultraconservador Said Jalili segue atrás.

Jalili, atual chefe dos negociadores do programa nuclear iraniano, é visto como o candidato preferido do Aiatola Ali Khamenei.

O vencedor vai suceder a Mahmud Ahmadinejad, que nos últimos oito anos se tornou um inimigo jurado do mundo ocidental e dos Estados Unidos em particular, com uma política conservadora e uma aposta no nuclear, que valeu ao país sanções económicas difíceis de superar.

Embora a figura do presidente tenha vindo a ganhar protagonismo, nos últimos anos, o verdadeiro poder no Irão continua nas mãos do líder supremo. É assim desde a Revolução Islâmica de 1979.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.