Última hora

Bebé de três meses morre por não ter passaporte

Bebé de três meses morre por não ter passaporte
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas manifestaram-se, na última noite, em silêncio junto ao Parlamento bósnio contra a morte de uma bebé de três meses de idade.

A criança podia tratada na Sérvia, mas para isso precisava de um passaporte. O tempo que os pais da bebé passaram na fronteira a tentar alertar as autoridades sérvias para a gravidade da situação acabou por ser fatal para a criança.

“Conseguimos levar a nossa filha para Belgrado depois de termos implorado para nos deixarem passar. Não tínhamos qualquer documento de identificação e tivemos de ser nós a tratar de tudo para que pudesse atravessar a fronteira” refere o pai.

A criança chegou a dar entrada num hospital em Belgrado, mas tarde demais.

As manifestações pelo direito à identificação começaram há cerca de duas semanas. A população diz que é tempo dos políticos chegarem a um entendimento.

Os legisladores propõem, agora, um documento válido para três meses. Os manifestantes exigem uma solução definitiva.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.