Última hora

Sindicatos convocam greve na Turquia

Sindicatos convocam greve na Turquia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os principais sindicatos turcos marcaram uma greve para hoje, depois de uma nova repressão policial sobre os manifestantes.

A praça Taksim e o parque Gezi, em Istambul, estão desertos mas pode ser por pouco tempo. Novas manifestações contra o governo estão já previstas para esta segunda-feira.

“O primeiro-ministro disse, ontem, que limpou o parque e que as pessoas podiam aceder ao local, mas como podem ver ninguém se aproxima. O primeiro-ministro está a mentir. É tudo uma mentira” afirma um homem.

“Não queremos Erdogan, nem este tipo de vida. Queremos liberdade, queremos sentir-nos vivos. Confesso que, neste momento, podia chorar” refere uma mulher.

O chefe de governo turco não está sozinho. Este domingo, milhares de apoiantes responderam ao apelo de Recep Tayyip Erdogan no sul de Istambul.

A Turquia está dividida e a repressão policial dos últimos dias não ajuda a serenar os ânimos. Dezenas de manifestantes e jornalistas foram espancados, pelo menos 500 pessoas terão sido detidas.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.