A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Preços baixam mas tumultos continuam

Preços baixam mas tumultos continuam
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades brasileiras recuaram e baixaram os preços dos transportes no Rio de Janeiro e em São Paulo. Mas a revolta popular não acalma e os distúrbios voltaram sentir-se esta noite, tanto no Rio como em São Paulo: roubos e ataques a autocarros, para lá de batalhas com a polícia militar.

Para compensar a revogação no aumento dos transportes, discutem-se novas medidas como como a subida dos impostos e cortes no investimento.

Os adeptos de futebol continuam a apoiar a seleção canarinha, como no desafio entre o Brasil e o México em Fortaleza para a Taça das Confederações, mas fazem questão de exigir uma gestão pública mais eficaz e transparente. Apesar do amor pela bola, o grande investimento nos eventos desportivos que se avizinham, como os 9 mil milhões para o campeonato do mundo de 2014, são um dos motivos para a indignação popular.