A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Primeiro-ministro palestiniano pede demissão

Primeiro-ministro palestiniano pede demissão
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Durou pouco menos de duas semanas o mandato do novo primeiro-ministro palestiniano. Rami Hamdallah pediu a demissão a Mahmoud Abbas. Ainda não se sabe se o presidente a aceitou.

Hamdallah, o conhecido reitor da Universidade Al-Najah, sem propriamente um trajeto político por trás, veio substituir Salam Fayyad. Dois vice-ministros foram nomeados expressamente para o apoiar em matéria económica e política. Esta semana, recebeu a responsável diplomática da União Europeia, Catherine Ahston. Para a próxima semana, deveria acolher o secretário de Estado americano, John Kerry.

Mas o mandato de Hamdallah ficou manchado logo desde o início, por ter composto um executivo maioritariamente com membros da Fatah, provocando críticas inflamadas da fação do Hamas, que reclamava um governo de reconciliação palestiniana.