A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Austrália: Trabalhistas retiram confiança à primeira-ministra Julia Gillard

Austrália: Trabalhistas retiram confiança à primeira-ministra Julia Gillard
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

É o adeus à vida política para a primeira-ministra Australiana.

Julia Gillard apresentou as despedidas esta quarta-feira, após ter sido derrotada na eleição para a liderança dos trabalhistas. Gillard tinha prometido retirar-se se não obtivesse a confiança do partido.

“Nas últimas semanas tive tempo para me reaproximar do meu eleitorado, saudar e dizer adeus à comunidade que tive o privilégio de representar neste parlamento desde 1998”, disse.

O senhor que se segue na liderança trabalhista australiana é Kevin Rudd, o mesmo que a chefe do governo tinha derrotado há três anos.

O partido retirou a confiança a Gillard devido às sondagens que previam uma importante vitória dos conservadores de Tony Abbott, nas próximas eleições, previstas para setembro.

Apesar do crescimento económico e de uma taxa de desemprego reduzida, a chefe do governo dececionou a opinião pública australiana com a imposição de uma taxa sobre o carbono, que tinha prometido não aplicar.