Última hora
This content is not available in your region

Alemanha tem 950 mil postos de trabalho vagos

Alemanha tem 950 mil postos de trabalho vagos
Tamanho do texto Aa Aa

O desemprego na Alemanha caiu de forma inesperada em junho, fazendo esperar uma retoma da maior economia europeia.

O número de desempregados desceu para 2,94 milhões, depois de, em maior, ter subido quatro vezes mais do que o esperado.

A Alemanha regista assim uma taxa de desemprego de 6,8%. É uma das mais baixas da zona euro e o país tem mesmo escassez de mão-de-obra.

A ministra alemã do Trabalho, Ursula von der Leyen, explicou a situação: “Houve mais uma subida do emprego, já num nível alto, para 41,8 milhões de pessoas ativas. Houve um aumento nas contribuições para o sistema de segurança social. E há 950 mil postos de trabalho não ocupados”.

Para preencher os postos vagos, a Alemanha assinou acordos com vários países, incluindo Portugal, para exportar o seu sistema de formação e ou para atribuir bolsas a jovens que estejam prontos a emigrar e a integrarem o sistema dual de formação na Alemanha. Ou seja, que queiram estudar e trabalhar ao mesmo tempo.

O dinamismo económico do país é uma atração para milhares de jovens europeus com destaque, nos últimos anos, para os países do sul da Europa atingidos pela crise.