A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Zuma anula viagem depois de Mandela ser colocado sob assistência respiratória

Zuma anula viagem depois de Mandela ser colocado sob assistência respiratória
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os sul-africanos rendem-se à evidência e preparam-se para dizer adeus ao herói da luta contra o Apartheid.

A saúde de Nelson Mandela piorou nas últimas 48 horas e o prémio Nobel da Paz foi colocado sob assistência respiratória no hospital Mediclinic de Pretória. No exterior, assiste-se a um fluxo contínuo de cidadãos comuns, que fazem questão de vir deixar uma mensagem pessoal para o ex-presidente.

Um residente de Pretória diz que os sul-africanos “não gostam de ver Mandela a sofrer. Ele atravessa um período muito difícil e está a lutar bastante, por isso, esta luta devia talvez acabar em breve”.

Outra afirma que “chegou o momento para ele descansar e [os sul-africanos] percebem e aceitam isso. Ele já não precisa de continuar a lutar, já fez tanto e [o povo sul-africano] não pode sequer começar a explicar a gratidão que sente e quer apenas que ele saiba isso”.

Pela primeira vez desde a hospitalização de Mandela a 8 de Junho, o presidente Jacob Zuma anulou esta quinta-feira uma deslocação ao estrangeiro.