Última hora

Última hora

Putin promulga lei que proíbe "propaganda" da homossexualidade perante menores

Em leitura:

Putin promulga lei que proíbe "propaganda" da homossexualidade perante menores

Putin promulga lei que proíbe "propaganda" da homossexualidade perante menores
Tamanho do texto Aa Aa

Vladimir Putin promulgou, este domingo, as controversas leis contra a “propaganda” homossexual e que reprimem as “ofensas aos sentimentos religiosos” na Rússia.

A nova legislação prevê multas severas e mesmo penas de prisão para quem faça “propaganda para relações sexuais não tradicionais perante menores de idade.

O líder da comunidade gay na Rússia, Nikolai Alexeiev, considera que a decisão do presidente é “um erro histórico” e promete contestar a lei no Tribunal Europeu dos Direitos do Homem.

As “ofensas aos sentimentos religiosos dos fiéis” passam a ser punidos com uma pena que pode chegar aos três anos de prisão. Este diploma foi redigido na sequência do caso Pussy Riot, a banda que contestou Putin na Catedral de Moscovo.

Sábado, as manifestações pró e anti-gay, que estiveram frente-a-frente em São Petersburgo, terminaram com dezenas de detenções.