A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Pneus explosivos podem levar ao boicote do Grande Prémio da Alemanha

Pneus explosivos podem levar ao boicote do Grande Prémio da Alemanha
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Desde o início da temporada que a Pirelli tem estado sob fogo cerrado pelo rápido desgaste dos pneus para 2013. Após o Grande Prémio da Grã-Bretanha, em que cinco pneus rebentaram sem razão aparente, as críticas tornaram-se ensurdecedoras.

A marca italiana garante que os pneus utilizados em Silverstone eram idênticos aos das corridas anteriores, mas de acordo com o jornal espanhol “Marca”, os destroços sugerem a utilização de uma nova mistura na composição dos pneus. Isto sem que pilotos, equipas e Federação Internacional do Automóvel tenham sido informados.

Reina a desconfiança e Bernie Ecclestone já deu luz verde à Pirelli para efetuar três dias de testes extra já esta semana. Mesmo assim não é de excluir um boicote ao Grande Prémio da Alemanha do próximo fim de semana, caso não seja garantida a segurança dos pilotos. Um cenário extremo, mas não inédito.

O escândalo rebentou numa altura em que a Pirelli negoceia a extensão do monopólio no fornecimento de pneus para Fórmula 1 para 2014.