Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

"Pinochet Africano" presente a tribunal

"Pinochet Africano" presente a tribunal
Tamanho do texto Aa Aa

Hissene Habre vai ficar em prisão preventiva. Acusado de ter torturado e assassinado milhares de opositores políticos durante os oito anos em que esteve no poder, o antigo ditador do Chade conhecido por “Pinochet Africano” foi presente, esta terça-feira, à justiça senegalesa, dois dias depois de ter sido detido.

Habre de 71 anos vai ser julgado por um tribunal especial criado para este processo. De acordo com o procurador-geral há fortes indícios do envolvimento do ex-presidente nos crimes de que é acusado.

A defesa exige a libertação imediata do homem que dirigiu o Chade entre 1982 e 1990 e que terá sido responsável pela morte de mais de 40 mil pessoas.

Habre foi detido no Senegal onde se exilou há mais de duas décadas na sequência de um golpe de estado.