A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Candidatos aos Jogos Olímpicos de 2020 queimam os últimos cartuchos

Candidatos aos Jogos Olímpicos de 2020 queimam os últimos cartuchos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Madrid, Istambul e Tóquio, as três cidades candidatas à organização dos Jogos Olímpicos de 2020 fizeram esta quarta-feira a sua derradeira apresentação aos membros do Comité Olímpico Internacional, que tiveram também a sua última oportunidade para esclarecer dúvidas junto das candidaturas.

Segue-se um período de reflexão até à votação de dia 7 de setembro, em Buenos Aires. Contrariamente aos anos anteriores, o equilíbrio é a nota dominante e não existe um favorito claro.

A aposta segura parece ser Tóquio, que pretende utilizar grandes parte das infraestruturas dos Jogos que organizou em 1964 mas o fraco apoio dos japoneses à candidatura não deixa de causar receio.

Um problema que não se coloca em Istambul, que vai a votos pela quinta vez nas últimas seis eleições e promete um investimento milionário. No entanto antes terá de resolver as tensões sociais e políticas que marcam o dia-a-dia do país.

Por fim Madrid, na sua terceira candidatura consecutiva. Como tal, uma boa parte dos recintos desportivos já foram construídos entretanto, ainda assim existe o receio de que a frágil economia do país não esteja preparada para um investimento desta envergadura.

A 7 de setembro saberemos quem ficou com o brinde…