Última hora

Novo protesto contra caça à baleia

Novo protesto contra caça à baleia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Greenpeace voltou protestar contra a caça à baleia. Os ativistas acompanharam a chegada, ao porto da cidade alemã de Hamburgo, de um navio que transporta carne de baleia para o Japão. A ONG também alertou o governo federal para o dever de proteger os cetáceos – a Alemanha é um dos 180 países que assinou a Convenção de Washington que proíbe o comércio de carne de baleia.

Apenas a Islândia, a Noruega e o Japão se opõem à proibição. A temporada de caça à baleia na Islândia começou em meados de junho e já matou entre 20 e 25 baleias-anãs, segundo a Greenpeace. Nos restaurantes japoneses vende-se carne de baleia, ainda que o consumo tenha sofrido uma forte quebra nos últimos anos. Alguns jornais avançam que ainda há stocks da última temporada e que há excedentes que são transformados em comida para cão.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.