A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Violência intensifica-se no Egito

Violência intensifica-se no Egito
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Grupos armados atacaram neste sábado vários postos de controle e da segurança central na cidade de Arish, capital do norte do Sinai no Egito.

Um grupo abriu fogo contra três postos de segurança na região de Rafah, próxima da Faixa de Gaza, e as forças da ordem responderam com disparos.

Pelo menos 40 pessoas ficaram feridas.

Ontem, um soldado morreu e outros dois ficaram feridos em um ato similar ao sul da região de Sheikh Zaued, em Rafah.

A passagem de Rafah, que liga o Egito com a Faixa de Gaza, foi fechada para evitar novos ataques.

Após a queda do regime de Hosni Mubarak em 2011, a Península do Sinai transformou-se num foco de instabilidade e cenário frequente de ataques contra policiais e gasodutos onde se registam igualmente ações de contrabando e sequestros.