Última hora

Crise europeia afunda exportações alemãs

Crise europeia afunda exportações alemãs
Tamanho do texto Aa Aa

As exportações alemãs registaram, no mês de maio, a maior queda desde 2009 devido à quebra da procura na China e à recessão que afeta a zona euro. De acordo com o Gabinete Federal de Estatísticas, as exportações recuaram 2,4 por cento enquanto as importações cresceram 1,7 por cento. 40 por cento dos bens exportados pela Alemanha destinam-se à zona euro, onde a procura recuou 9,6 por cento.

A economia alemã resistiu à crise do euro nos seus primeiros anos mas no último trimestre de 2012 acabou por registar um recuo de 0,7 por cento. A recuperação nos primeiros três meses de 2013 não foi além dos 0,1 por cento. A Alemanha continua a ser o motor da zona euro, mas agora ao ralenti.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.