Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Luxemburgo: eleições antecipadas em outubro após demissão de Juncker

Luxemburgo: eleições antecipadas em outubro após demissão de Juncker
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Jean Claude Juncker não desarma e deverá voltar a candidatar-se ao cargo de primeiro-ministro depois de anunciar a demissão.

O ex-presidente do eurogrupo reuniu-se, esta manhã, com o executivo demissionário antes de se encontrar com o Grão-Duque do Luxemburgo que deverá confirmar a convocação de eleições antecipadas para Outubro.

Até lá, tanto o governo como o parlamento deverão manter-se em funções, uma vez que a constituição do país não prevê um vazio de poder.

Na origem da crise política está o escândalo sobre as diversas irregularidades nos serviços secretos, que Juncker afirmou ontem desconhecer, apesar da maioria dos partidos o acusar do contrário.

Juncker, que deverá voltar a candidatar-se ao cargo, perdeu ontem o apoio dos socialistas, parceiros da coligação governamental e arrisca-se a enfrentar uma oposição unida em bloco nas eleições previstas para 20 de outubro.