Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Salvar Portugal de um governo "em decomposição"

Salvar Portugal de um governo "em decomposição"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O estado da Nação portuguesa não é o melhor mas Pedro Passos Coelho está disposto a avançar para o “compromisso de salvação nacional” pedido por Cavaco Silva.

Perante o Parlamento, na discussão sobre o estado da Nação, o primeiro-ministro manifestou-se favorável a um acordo entre a coligação PSD/CDS-PP e a oposição socialista. O objetivo principal é cumprir dentro dos prazos, isto é, até junho de 2014, os compromissos económicos assumidos perante a troika.

António José Seguro, por seu lado, diz-se disposto a discutir “com todos os partidos” mas recusou limitar o diálogo ao eixo governo-socialistas. O líder da oposição foi mesmo mais longe e recusando igualmente participar num governo que considera em “decomposição” – referindo-se às recentes demissões no seio do executivo. Uma instabilidade à qual os mercados já reagiram, penalizando os juros da dívida soberana.