A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Tempos de cólera no Egito

Tempos de cólera no Egito
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Quem fala verdade no Egito? Os dois campos apresentam versões bem diferentes dos factos e eventos das últimas semanas. Em apoio da Irmandade Muçulmana, olhamos o documento de um jornalista próximo do movimento, que morreu num tiroteio no dia em que filmava uma reportagem. O trabalho da TVE contém imagens que podem ferir suscetibilidades.

10.000 franceses vivem no Egito ao ritmo das revoluções e reviravoltas no país. Têm uma visão interna e externa do Egito. A France 2 encontrou um casal que vive na praça Tahrir.

O Ramadão começou. No Egito, os manifestantes não fazem tenção de abandonar a luta e mantêm-se organizados. O sentimento é amargo para os apoiantes da Irmandade, como notou a televisão suíça TSR.

A economia egípcia está no vermelho. O importantíssimo setor do turismo está em queda desde o ano passado e não deve melhorar este ano, visto o que está a acontecer. A televisão russa RTR encontrou alguns dos raros turistas russos que visitam o Egito.