Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Detida por ter denunciado violação

Detida por ter denunciado violação
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Uma mulher norueguesa foi condenada a 16 meses de prisão no Dubai por sexo fora do casamento depois de ter denunciado ter sido violada.

Marte Deborah Dalelv decidiu romper o silêncio na esperança de chamar a atenção para os riscos de mal-entendido dos códigos legais islâmicos no Dubai.

“Eu acordei e percebi que tinha sido violada fui ao hall do hotel e pedi para chamarem a polícia. Eles perguntaram “você tem a certeza que quer chamar a polícia?” E eu disse é claro que eu quero chamar a polícia, porque essa é a reação natural de onde eu sou. “

Diplomatas noruegueses garantiram a libertação de Dalelv.

Casos semelhantes envolvendo estrangeiros e mulheres dos Emirados têm sido relatados nos últimos anos.

Em dezembro, uma mulher britânica de 28 anos que relatou ter sido sequestrada e violada por três homens no Dubai foi considerada culpada de beber álcool sem licença.
Foi multada em 257 dólares.

Dalelv recorreu da sentença que deve ter julgamento em setembro.