A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Telemóveis que se dissolvem na água?

Telemóveis que se dissolvem na água?
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O ciclo de vida de um telemóvel não ultrapassa, em média, os dezoito meses. Toneladas de aparelhos acabam em aterros, sem serem reciclados.

Para resolver o problema, cientistas da Universidade do Illinois, nos Estados Unidos, imaginaram um telemóvel feito com materiais que se dissolvem sozinhos na água.

“Este é um exemplo de um circuito integrado transitório. É um simples chip, com transístores, diodos, resistores e condutores. É constituído por um filme de seda muito fino, é uma matéria natural”, diz John Rogers, engenheiro químico da Universidade do Illinois.

A chamada eletrónica transitória implica o uso de matérias-primas biodegradáveis.
Os investigadores chamaram ao projeto “Nascido para morrer”.

“Trata-se de algo nascido para morrer mas de uma forma muito controlada. Não é de todo um dispositivo eletrónico de qualidade duvidosa, ao contrário, está bem concebido, tem propriedades excelentes. O dispositivo dura até ao momento programado e quando já não se precisa dele, dissolve-se. É esse o truque”, acrescenta o investigador.

No futuro, os cientistas esperam desenvolver mais materiais com base no mesmo princípio.

“Se pudéssemos fazer componentes essenciais ou mesmo o telemóvel inteiro com materiais que duram dois ou três anos e que depois se dissolvem, isso seria mesmo o ideal”, afirma o cientista.

Calcula-se que, anualmente, no mundo inteiro, sejam geradas 150 milhões de toneladas de lixo eletrónico. Mas a redução da poluição, não é a única vantagem dos dispositivos capazes de se auto-destruírem. Este tipo de tecnologia poderá ter também um impacto revolucionário no domínio militar e na área da medicina.