Última hora
This content is not available in your region

Membro das Pussy Riot fica na prisão

Membro das Pussy Riot fica na prisão
Tamanho do texto Aa Aa

Um tribunal de Moscovo rejeitou o pedido de liberdade condicional de um dos membros do grupo Pussy Riot.

Nadezhda Tolokonnikova continua atrás das grades e nem o argumento de ter uma filha de cinco anos lhe valeu. O grupo foi condenado depois de ter irrompido numa catedral moscovita e interpretado uma canção contra o presidente russo Vladimir Putin.