A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Espanha presta tributo às vítimas do descarrilamento de Santiago de Compostela

Espanha presta tributo às vítimas do descarrilamento de Santiago de Compostela
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Realiza-se esta tarde, quando forem 18h em Lisboa, o funeral oficial das vítimas do descarrilamento de um comboio à entrada de Santiago de Compostela.

A cerimónia, na catedral da cidade, contará com a presença do primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy e dos príncipes das Astúrias, entre outros dignitários.

Entretanto, o maquinista do comboio assumiu este domingo em tribunal que estava distraído na altura do acidente. Nas ruas de Santiago, a população considera que o “profissional, com as horas de maquinista que tem, não pode cometer um erro destes” e pensar que estava noutra parte do troço.

Francisco Amo, que está a ser acusado de homicídio por negligência, admitiu perante o juiz que circulava a mais do dobro da velocidade permitida na curva limitada a 80 km/h e que o acidente se deveu a um “erro humano”. O arguido ficou em liberdade condicional sujeito a termo de identidade e residência. Foi-lhe também suspensa, a licença profissional de maquinista.

As linhas afetadas pelo acidente, que já fez 79 mortos, foram entretanto reabertas.