A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Emboscada do exército sírio em Adra

Emboscada do exército sírio em Adra
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 60 rebeldes sírios foram mortos durante uma emboscada do exército. O regime de Bashar Al-Assad diz que as vítimas são terroristas com ligações à Al-Qaeda.

O ataque ocorreu perto da cidade de Adra, situada a 30 quilómetros de Damasco. Durante a emboscada foram, ainda, confiscadas várias armas.

Nos últimos meses os homens fiéis a Bashar Al-Assad têm vindo a ganhar terreno e procuram, agora, reforçar posições à volta da capital.

A oposição não dá tréguas. Ontem, pelo menos 18 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas após a explosão de um carro armadilhado num bairro pró-regime nos subúrbios de Damasco.

De acordo com as Nações Unidas mais cem mil pessoas morreram na Síria desde março de 2011.