Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Inferno de chamas no Aeroporto de Nairóbi

Inferno de chamas no Aeroporto de Nairóbi
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Um gigantesco incêndio engoliu parte do aeroporto internacional de Nairobi no Quénia.

As chamas foram declaradas por volta das dez horas locais e logo se propagaram para a área das chegadas e da imigração. Depois de horas de um intenso combate dos bombeiros, dificultado por falta de pessoal e congestionamento das vias de acesso, devido ao trânsito, o fogo foi extinto.

A administração do aeroporto declarou não ter havido vítimas, a companhia “Kenya Airways” afirmou que um funcionário e um passageiro foram enviados para o hospital por inalação de fumo.

O tráfego aéreo foi seriamente perturbado. “O nosso voo devia ter sido às 7 da manhã. Íamos para os Camarões mas agora não sei o que vai acontecer. Estamos ainda à espera que os balcões abram para podermos ver quem podemos contactar para obtermos mais informações”, afirma um passageiro sul-africano.

Os voos regionais foram retomados mas as ligações internacionais estão suspensas por tempo indeterminado.

As causas do incêndio num dos mais importantes aeroportos africanos são ainda desconhecidas, as autoridades ordenaram abertura de um inquérito para determinar com rigor o que esteve na origem das chamas.