Última hora

Última hora

Coreia do Norte permite reencontros de famílias separadas pela guerra

Em leitura:

Coreia do Norte permite reencontros de famílias separadas pela guerra

Coreia do Norte permite reencontros de famílias separadas pela guerra
Tamanho do texto Aa Aa

Depois de meses de alta tensão, as duas Coreias tentam retomar o diálogo. A Coreia do Norte vai permitir que famílias que foram separadas durante a guerra há 60 anos se reencontrem.

A proposta foi feita por Seul e Pyongyang aceitou organizar estes reencontros durante o festival de outono tradicional, que este ano acontece a 19 de setembro.

O primeiro encontro de famílias separadas deve acontecer no Monte Kumgang e o segundo, que deve ser feito por video-conferência a 4 de outubro, aniversário da cimeira inter-coreana de 2007.

Milhões de coreanos foram separados da famílias no final da guerra de 1950-1953. Os últimos reencontros ocorreram em 2010, com a mediação da Cruz Vermelha.

Neste momento, na Coreia do Sul existem mais de 70 mil pessoas registadas na lista de quem perdeu familiares durante a guerra das Coreias.