Última hora
This content is not available in your region

Câmara para pessoas com deficiência visual

Câmara para pessoas com deficiência visual
Tamanho do texto Aa Aa

Uma empresa israelita concebeu um aparelho que permite melhorar a autonomia das pessoas com deficiência visual. O sistema, integrado nos óculos, é composto por uma pequena câmara e um scanner.

“Dá-me independência, posso fazer tudo sozinha, não preciso de favores, nem de ninguém que me acompanhe, posso ir a sítios novos sem ter de memorizar os caminhos constantemente.”, Liat Negrin, uma das pessoas que testou o sistema.

O aparelho foi programado para reconhecer o dedo. Quando o utilizador aponta para um objeto, o sistema lê o conteúdo que se encontra no campo de visão. Pode ser bastante útil nas deslocações, uma vez que lê o número dos autocarros e reconhece a cor dos semáforos.

“As pessoas com visão reduzida conseguem ver alguma coisa mas isso não é suficiente para as necessidades quotidianas. Este aparelho é como ter um ajudante atrás de nós que olha na mesma direção, percebe o que estamos a ver e percebe o tipo de informação de que precisamos”, afirma Amnon Shashua, presidente da OrCam Technologies.

O dispositivo vai ser posto à venda em setembro. O preço de lançamento ronda os 2000 mil euros.