Última hora

Obama insiste em enviar mensagem "clara e forte" a Bashar al-Assad

Obama insiste em enviar mensagem "clara e forte" a Bashar al-Assad
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama está a efetuar uma visita de dois dias à Suécia. Depois do encontro, esta quarta-feira, com o primeiro-ministro sueco, Frederick Reinfeld, os dois dirigentes participaram numa conferência de imprensa conjunta.

A questão de fundo foi, obviamente, o conflito na Síria e as armas químicas.

“Antes de mais, não fui eu que que estabeleci uma ‘linha vermelha’. Foi o mundo que a estabeleceu quando os governos que representam 98% da população mundial disseram que o uso de armas químicas é abominável e fizeram um tratado que o proíbe, incluindo nos países em guerra. Não é a minha credibilidade que está em causa, é a credibilidade da comunidade internacional”, afirmou Barack Obama.

O presidente americano e primeiro-ministro sueco estão de acordo: “a inércia não vai resolver a tragédia” síria. E embora defenda uma política de transição, Obama está decidido a enviar “uma mensagem forte e clara” a Bashar Al-Assad.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.