Última hora
This content is not available in your region

Violência sectária no Iraque

Violência sectária no Iraque
Tamanho do texto Aa Aa

No Iraque, ao nascer do dia, desconhecidos atacaram a tiro e fizeram explodir duas habitações de famílias xiitas no sul de Bagdade.

O ataque matou pelo menos 16 pessoas.

As casas destruídas pertenciam a dois irmãos e situavam-se numa aldeia perto de Latifiya onde a população é maioritariamente sunita.

Entre as vítimas mortais figuram pelo menos cinco mulheres e seis crianças.

“Estávamos em casa quando eles entraram pelas janelas e dispararam contra nós. Atingiram o meu pai no estômago e também a minha irmã.
Depois explodiram uma coisa. Sim, era uma bomba. Fugimos para fora da sala que estava cheia de fumo. Subi para o andar de cima e os meus irmãos correram para o pátio das traseiras”,disse uma criança sobrevivente.

Este ataque acontece um dia após a morte de pelo menos 50 pessoas das quais 43 em atentados com carros armadilhados, perpetrados em Bagdad, em bairros de maioria xiita.