A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Eleições legislativas na Noruega

Eleições legislativas na Noruega
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Na Noruega as eleições legislativas desta segunda-feira deverão resultar na entrada para o Governo da direita populista, dois anos após os ataques do extremista Breivik que fizeram 77 mortos.

As sondagens apontam para uma vitória do Partido Conservador de Erna Solberg disposta a uma aliança com o Partido do Progresso de que Anders Behring Breivik foi membro.

Em terceiro lugar nas intenções de voto, atrás dos Trabalhistas do primeiro-ministro, Jens Stoltenberg, e dos Conservadores, o Partido do Progresso é incontornável para garantir uma maioria parlamentar, que inclui também dois pequenos partidos centristas, os Democratas-Cristãos e os Liberais.

Apesar das condições para um terceiro mandato da coligação de Stoltenberg parecem reunidas – prosperidade económica, o quase pleno emprego e uma qualidade de vida entre as melhores do mundo para os cinco milhões de habitantes do país – o atual governo é vítima de um desgaste do poder

Os primeiros resultados eleitorais deverão ser conhecidos às 21:00 locais.