Última hora
This content is not available in your region

Timoshenko mais próxima da libertação

Timoshenko mais próxima da libertação
Tamanho do texto Aa Aa

Eugeniya Timoshenko, filha de Iulia Timoshenko, está otimista: a pressão da União Europeia sobre Kiev parece dar frutos. A ex-primeira ministra ucraniana poderá, em breve, ser transferida um hospital alemão.

A sua libertação está a servir de instrumento de pressão da União Europeia face à Ucrânia, antes do Acordo de Associação, a assinar em novembro.

“De momento, não temos qualquer certeza sobre quando é que a sua libertação será efetiva. Esperamos que aconteça antes de outubro a qualquer momento e sabemos que a União Europeia está a fazer muita pressão para que esta condição seja respeitada”, explica Eugeniya Timoshenko.

Condenada a 7 anos de prisão por abuso de poder, a musa da Revolução Laranja – que alega razões políticas por detrás da sentença – terá sido alvo de tortura e maus tratos na prisão ucraniana onde cumpre a pena desde 2011.