A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Assad só vai revelar informação sobre armas químicas dentro de mais de um mês

Assad só vai revelar informação sobre armas químicas dentro de mais de um mês
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente Bashar Al-Assad frustra as expetativas de uma resolução diplomática rápida da crise síria, ao afirmar que só vai revelar as informações sobre o seu arsenal químico, um mês depois de Damasco ratificar a convenção internacional sobre este tipo de armamento, prevista para “os próximos dias”.

Numa entrevista ao canal de informação Russia24, o presidente sírio afirma também que não cedeu à ameaça militar norte-america e que só aceitou desmantelar o seu arsenal, graças à intervenção russa.

Assad quer ainda que um eventual acordo inclua o desarmamento dos rebeldes sírios, exigindo que os Estados Unidos párem de fornecer armas à oposição.

As afirmações de Assad surgem depois de Washington ter apelado a Damasco para fornecer rapidamente as informações sobre o paradeiro das suas armas químicas e quando o congresso norte-americano suspendeu até à próxima semana uma votação sobre um eventual ataque militar.