Última hora
This content is not available in your region

Últimos preparativos da operação para endireitar Costa Concordia

Últimos preparativos da operação para endireitar Costa Concordia
Tamanho do texto Aa Aa

Junto à ilha italiana de Giglio, ultimam-se os preparativos da operação para endireitar o Costa Concordia, naufragado há mais de um ano e meio.

Se as condições meteorológicas o permitirem, deverá ter início na madrugada de segunda-feira e durar 7 a 12 horas.

A operação para colocar o paquete de 114.500 toneladas na posição vertical representa uma estreia mundial, orçada em mais de 600 milhões de euros.

Nicholas Sloane, que lidera a equipa de técnicos e especialistas, explica que “haverá câmaras subaquáticas que observarão o que se passa no leito do mar e uma das prioridades é procurar as pessoas ainda desaparecidas”.

O naufrágio do navio a 13 de Janeiro de 2012, com 4229 pessoas a bordo, fez 32 mortos. Dois dos corpos continuam desaparecidos.

Se a operação for bem-sucedida, serão precisos depois vários meses de preparação para que o Costa Concordia seja rebocado e posteriormente desmantelado.

Entre os riscos da proeza técnica prevista para segunda-feira está – para além do insucesso da operação – uma eventual deformação ou mesmo quebra do casco do navio ou a poluição daquela que é considerada a maior reserva marinha da Europa.