A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

FED: Mercados aplaudem afastamento de Summers

FED: Mercados aplaudem afastamento de Summers
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Lawrence Summers abandona a corrida à liderança da Reserva Federal norte-americana (FED). Com a desistência do ex-secretário de Tesouro abrem-se as portas para que o mais poderoso dos bancos centrais seja liderado, pela primeira vez, por uma mulher.

Segundo o Financial Times, a retirada da candidatura de Summers evitará a Barack Obama uma derrota.

Em reação ao afastamento de Summers, os mercados subiram. Os investidores temem menos um endurecimento da política monetária.

A Casa Branca estará a ponderar outros nomes, mas Janet Yellen, vice-presidente da FED, com 67 anos, é agora a única na corrida à sucessão de Ben Bernanke, de quem é uma aliada.

O anúncio de Summers foi feito dois dias antes da reunião do Comité de Política Monetária da FED, na qual se poderá decidir uma redução do programa de estímulos de 85 mil milhões de dólares mensais.