A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

ONU confirma oficialmente uso de armas químicas na Síria

ONU confirma oficialmente uso de armas químicas na Síria
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A ONU tem “provas flagrantes” do uso de gás sarin no conflito sírio. É a conclusão do relatório dos peritos das Nações Unidas, oficialmente tornado público por Ban Ki-Moon.

Na sede da ONU em Nova Iorque, o secretário-geral das Nações Unidas frisou que se trata “do mais significativo e confirmado recurso a armas químicas contra civis desde que Saddam Hussein usou este tipo de armamento no Iraque em 1988 e o pior uso de armas de destruição maciça do século 21”.

O relatório da equipa de peritos internacionais que esteve na Síria especifica que “foram usadas armas químicas numa escala relativamente grande”, nomeadamente “contra civis, incluíndo crianças”. O documento não indica, no entanto, os responsáveis pelo uso dessas armas.