A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Professores iniciam semana de greves na Grécia

Professores iniciam semana de greves na Grécia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os professores abriram as hostilidades, na Grécia. O país deverá viver, esta semana, um conjunto de greves de diferentes sectores públicos.

Os protestos visam os planos do governo para reduzir os efetivos da função pública, tal como exige a troika, em troca da ajuda financeira graças à qual o país continua a sobreviver.

“A única coisa que exigimos e pela qual lutamos, é que a troika saia do país e que o governo, a União Europeia e o FMI, que impuseram, durante quatro anos, políticas que empobreceram a sociedade grega, saiam também!”, afirma Grigoris Kalomiris, uma professora e representante da organização ADEDY.

Há seis anos em recessão, a Grécia tem um desemprego de 27% da população ativa e que atinge os 60%, junto dos jovens de menos de 25 anos.