Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Embate entre republicanos e democratas paralisa governo federal

Embate entre republicanos e democratas paralisa governo federal
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Nos Estados Unidos a falta de acordo entre republicanos e democratas sobre o orçamento leva ao encerramento parcial do governo, uma paralisação das agências federais que não se via há 17 anos.

Esta situação que continuará até que o Congresso aprove novos fundos, obriga à suspensão temporária de mais de 800.000 funcionários federais.

Os republicanos justificam: “O Senado continua a rejeitar as nossas propostas para resolver este processo. Vamos continuar o debate para que possamos resolver os nossos diferendos a favor do povo americano. “

O Senado, de maioria democrata, rejeitou a proposta da Câmara dos Representantes, de maioria republicana, para retardar em um ano a entrada em vigor da reforma da saúde, chamada de “Obamacare”, em troca de financiamento temporário, mas imediato, do governo federal.

Um embate político cujas repercussões são já sentidas embora republicanos e democratas continuem por mais 24 horas as reuniões no Congresso com o objetivo desbloquear a situação.

“Eu sei que os próximos dias são de incerteza incluindo possíveis greves e protestos como já vimos este verão. Vocês merecem mais do que a disfunção que estamos a ter no Congresso. A vossa dedicação ajuda-nos a voltar ao trabalho com os congressistas para resolver os problemas o mais rápido possível “.

As consequências desta crise afetam pelo menos 1 milhão de funcionários públicos que temporariamente poderão deixar de receber salário, os parques nacionais que encerram aos turistas, o controlo de tráfego aéreo, a emissão de cheques de pensões e a atividade das forças de segurança.